Esportes em Pauta ESPECIAL 08 - O Motorhome do esportes em pauta falando sobre o GP de Mônaco de Fórmula 1!

 O Podcast Esportes em Pauta está no ar! Nesse episódio, falamos sobre tudo que aconteceu no GP de Mônaco de Fórmula 1, com a vitória de Max Verstappen. Em um GP que é cheio de história e tem um cenário deslumbrante, houve agitação antes da largada. Charles Leclerc, o pole, não conseguiu largar devido a danos no seu carro durante a classificação no sábado. Também comentamos sobre a largada inteligente de Verstappen. O holandês largou um pouco na diagonal, se protegendo de Bottas, que tinha espaço livre devido à ausência de Leclerc. O piloto da Mercedes protagonizou um dos momentos de destaque da corrida: na parada, a porca da roda dianteira direita ficou presa e ele teve que abandonar. E Hamilton? Em um fim de semana abaixo, o heptacampeão conseguiu o sétimo melhor tempo na classificação, pulou pra sexto devido ao abandono de Leclerc antes da largada e terminou em sétimo, sendo o último na volta do líder. Outro ponto de destaque foi algo que ecoou na cabeça da apresentadora e dos espec

Mudança do Jogo do Grêmio escancara a possível disparidade técnica na Libertadores


    Grêmio teve uma surpresa ao chegar em Quito ontem: os jogadores foram obrigados a ficarem no hotel, isolados após a constatação de casos positivos de COVID-19 na delegação do clube gaúcho (Vanderson e Paulo Victor) e seu jogo contra o Independiente Del Valle foi remarcado para sexta-feira, dia 09/04/2021, e não será mais em Quito passando a ser no Defensores Del Chaco no Paraguai. O Grêmio já estava indo ao jogo sem o seu técnico com COVID-19 e seu capitão Maicon , agora tem mais dois jogadores com o vírus e pode ter chance de ter mais atletas infectados

    "Informamos que, em função da falta de resposta das autoridades equatorianas que garantiriam a realização do jogo de amanhã (7), entre Independiente Del Valle e Grêmio, pela fase 3 da Libertadores, tal encontro fica suspenso", confirmou, através de documento oficial, o diretor de competições da Conmebol, Frederico Nantes.

    A mudança não é nada absurda, uma vez que, no Equador, foi um dos epicentros de maior mortandade na América Latina no início da pandemia da COVID-19 e infelizmente o Brasil se tornou o maior epicentro, o que faz com que os brasileiros não sejam tão bem recebidos nos países vizinhos.

    A mudança para o Paraguai, num campo neutro, faz sentido, uma vez que nesse país fica a sede da CONMEBOL e também possui melhor estrutura para o cumprimento dos protocolos sanitários, embora esse episódio traga a tona uma situação: a disparidade técnica na Libertadores, principalmente para os times brasileiros.

Agência Brasil - EBC
Agência Brasil - EBC

    No que concerne aos times brasileiros, no contexto atual, é o pais que mais irá ter retaliações de entrada em outros membros do MERCOSUL, diante da decisão de ontem da CONMEBOL, pois a pandemia está descontrolada no nosso país, e isso assusta os vizinhos. portanto poderá ficar impedido de jogar as partidas tanto em seu estádio (Arena do Grêmio) tanto como visitante pois poderão vetar sua entrada como aconteceu ontem, obrigando-o a jogar em campo neutro. A decisão de ontem, embora acertada, vai abrir um precedente para competição, das quais, os times brasileiros serão sempre prejudicados, pois a situação da COVID-19 no Brasil é alarmante.

   Isso será prejudicial para a competição e para as equipes brasileiras isso porque esses times não mais poderão jogar no Brasil, pois os adversários não irão querer vir ao Brasil para disputar uma partida diante da situação sanitária. Fora isso, os times brasileiros terão que viajar sempre para jogar em campo neutro, independente se seja jogo de ida ou de volta, pois não poderão exercer mando de campo até que a crise sanitária cesse no Brasil, enquanto que os demais times não brasileiros poderão continuar jogando nos seus campos.

    Outra tendencia que pode acontecer nessa Libertadores é o que aconteceu na UEFA Champions League, de todos os jogos serem jogos únicos e em campo neutro e aquelas vantagens de decidir o jogos em casa não existirão e isso vai tirar a magia que só a Libertadores tem. Que essa crise sanitária cesse o quanto antes para que a Libertadores não perca sua identidade.


Breaking News: Victor Ferraz e Emanuel, laterais direito, com suspeita de COVID-19,  estão voltando em voo sanitário privado do Equador para o Brasil junto com os atletas Paulo Victor e Vanderson. Felipe, de 21 anos, deve viajar ao Paraguai amanhã para ser o lateral direito do Grêmio. clube organiza logística para o atleta ir em voo fretado. (fonte Rodrigo Oliveira GZH)

Kannemann e Maicon (estava indo ao RJ para o velório da sogra) também tem chances de viajar e reforçar o tricolor na partida. (fonte Alex Bagé GZH).

Marcelo Oliveira será a voz do Renato Portaluppi na casa mata no jogo de sexta-feira







        

Postagens mais visitadas deste blog

Podcast Esportes em Pauta - 1º Turno do Brasileirão

Meninos que sonham; meninos que realizam

Grêmio sofre virada por interferência da arbitragem. Estilo de jogo do Indepiendente escancara o péssimo jogo do Internacional no GreNal.